Comunicação em Saúde - Design São Paulo

OBSTETRIZ, PLANO DE PARTO, PRÉ-NATAL, PARTO E PÓS PARTO

 Este trabalho é o resultado de uma ação que a AO-USP (Associação das Obstetrizes) ganhou no Ministério Público que foi direcionada para uma campanha de esclarecimento sobre o papel da obsteriz na sociedade

Obstetrizes parteiras e parceiras das mulheres nos cuidados na gravidez e na saúde.

Obstetrizes são profissionais competentes e reconhecidos no mundo inteiro como parteiras com ensino universitário que trabalham em parceria com as mulheres, famílias e comunidades na educação e aconselhamento em saúde e prevenção de doenças, prestando cuidados principalmente durante a gravidez, trazendo informações e cuidados na gravidez e  parto (incluindo assistência ao parto normal), pós-parto, e cuidados com o recém nascido. Atuando em casa, na comunidade, unidades básicas de saúde, casas de parto, centros de parto normal, clínicas, e hospitais, de forma autônoma ou em conjunto com equipes de saúde.

Cuidado como Direito à saúde

Obstetrizes, assim como os demais profissionais da saúde, devem estar disponíveis e capacitadas para contribuir para o acesso e o respeito aos direitos das mulheres, e oferecer informações para que as mulheres tenham autonomia sobre seus corpos e saúde.

Pré-natal de qualidade:

  • • Cartão de pré-natal: preenchido a cada consulta com todos os dados, exames, vacinas e tratamentos realizados.

  • • Caderneta da gestante com informações importantes que a família deve conhecer;

  • • Até a data do parto você tem direito a no mínimo 7 consultas, quanto mais perto do parto, mais frequente devem ser as consultas. Não existe “alta” do pré-natal;

  • • Nas consultas de pré-natal a mulher será examinada para acompanhamento da sua saúde e do desenvolvimento do bebê. é É o momento de poder falar sobre as dúvidas, receber informações, e expressar as emoções que surgirem durante a gestação;

  • • Todos os exames e tratamentos necessários devem ser explicados e estar disponíveis. Estes exames e tratamentos são importantes para garantir a sua saúde e do seu bebê;

  • • Participação em grupos de mulheres gestantes;

  • • Elaboração de Plano de Parto, que é o registro, durante a gravidez,  dos seus desejos e opções sobre o parto para ser levado à maternidade quando você for ganhar o seu bebê. O Plano de Parto é uma ferramenta de fortalecimento das mulheres porque colabora para orientar os profissionais a respeito das escolhas das gestantes;

  • • Visita antecipada e orientada à maternidade de referência.

Assistência ao parto:

• Vinculação de maternidade de referência para o parto;

• Assistência em qualquer hospital vinculado ao SUS;

  • • Ser chamada pelo próprio nome;

  • • Procedimentos e intervenções informadas e consentidas (autorizadas por você); baseadas nas melhores e mais atuais evidências científicas;

  • • Acompanhante de sua escolha durante o trabalho de parto, parto e pós-parto;
  • Liberdade de movimentos, e métodos não farmacológicos(que não usam remédios) para alívio da dor.


Qual a diferença entre obstetriz e enfermeira obstétrica e médico?

Ambas(os) profissionais são super capacitadas para atender um parto normal de baixo risco ( é aquele que vai transcorrer naturalmente com o menos de intervenção possível). Quando é necessário uma intervenção o médico é necessário na cena do parto. O médico é necessário, também, para fazer uma cesariana ou "cesaria". 

Criação, Ilustração e Diagramação: Bia Fioretti

Estilo: inspirado nas ilustrações do movimento feminista



 Plano de Parto
Exemplo de Plano de Parto da Associação de Obstetrizes
Folheto sobre violência
Obstetriz no Brasil e no Mundo
Obstetriz no cuidado com a mulher